quinta-feira, outubro 14, 2010

OLP pede a EUA mapa com fronteira israelense futura

OLP pede a EUA mapa com fronteira israelense futura


Por Tom Perry

RAMALLAH, Cisjordânia (Reuters) - Os palestinos querem dos Estados Unidos um mapa que indique o traçado final que Israel pretende para suas fronteiras e que deixe claro se esse traçado abrange terras e casas palestinas, disse um funcionário palestino nesta quarta-feira.

Yasser Abed Rabbo, da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), respondeu a um chamado dos EUA para que os palestinos apresentem suas propostas, em resposta à proposta israelense de que eles reconheçam Israel como Estado judaico em troca de restrições às construções nos assentamentos. Os palestinos se opõem há muito tempo a dar uma declaração de reconhecimento de Israel.

"O que é necessário da parte da administração americana e de Israel é que eles nos apresentem um mapa do Estado de Israel que querem que reconheçamos", disse Abed Rabbo à Reuters.

"Esse é o mapa das fronteiras de 1967, ou ele abrange terras palestinas e as casas em que vivemos?", ele perguntou, aludindo ao ano em que Israel capturou Jerusalém Oriental, a Cisjordânia e a Faixa de Gaza, na Guerra dos Seis Dias.

A questão dos assentamentos vem sendo um obstáculo grande às negociações de paz mediadas pelos EUA, que começaram em 2 de setembro. Em visita a Kosovo, a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, falou em tom de otimismo.

"Pessoalmente, estou convencida de que os dois líderes, o primeiro-ministro (Benjamin) Netanyahu (israelense) e o presidente (Mahmoud) Abbas (palestino), enxergam como sendo do interesse respectivo de cada um retornar às negociações diretas e seguir adiante com elas", disse Hillary.

Os palestinos dizem que não vão retomar as negociações mediadas pelos EUA enquanto Israel não suspender a construção de assentamentos em territórios ocupados nos quais eles visam fundar seu Estado. Um congelamento declarado por Israel da construção de casas na Cisjordânia ocupada chegou ao fim em 26 de setembro.

Netanyahu disse na segunda-feira que estaria disposto a pedir a seu gabinete a decretação de novo congelamento, se os palestinos reconhecessem Israel como Estado judaico.

Ele afirmou que isso seria "um passo construtor de confiança" enquanto alguns comentaristas palestinos e israelenses questionaram se a proposta não seria apenas uma artimanha para tentar atribuir aos palestinos a culpa por um possível colapso do processo de paz.

Os palestinos descartaram a ideia, que eles enxergam como uma grande concessão que equivaleria ao suicídio político de uma liderança cuja credibilidade já foi fortemente prejudicada pelo fracasso de negociações de paz anteriores.

Hillary disse a repórteres que "os dois lados estão testando várias abordagens diferentes, ofertas e pedidos de um lado a outro".

O pedido de mapa formulado por Abed Rabbo ecoa o chamado de Abbas por termos claros de referência nas negociações de paz.

(Reportagem adicional de Ali Sawafta)


Notícia da Reuters.

Marcadores: , ,

1 Comments:

Blogger Fluzão Eterno said...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

2:23 PM  

Postar um comentário

<< Home